minha história com a Fotografia


 
Hoje é o Dia Mundial da Fotografia!

Só quem a tem por perto sabe: é a melhor maneira de eternizar nossas lembranças. Congelar um momento visto através dos nossos olhos não poderia ser algo mais intimo do que já é. Tenho certeza de que cada pessoa tem uma história incrível para contar sobre ela, e por esse motivo, quis compartilhar a minha com vocês!

O meu primeiro contato com fotografia foi vendo os álbuns antigos da minha mãe. Achava (e ainda acho) fantástico poder ver aqueles momentos de anos atrás no nosso presente. Trazer a memória sentimentos antigos que marcaram nosso coração, rir de uma careta feita em um momento de descontração, chorar contemplando sorrisos de pessoas que não estão mais aqui: isso é o que a fotografia representa pra mim.

Então, eu cresci com a vontade de poder guardar pra mim lembranças de todo o percurso da minha vida. Infelizmente, câmeras eram algo bastante inacessível para mim naquela época. O meu primeiro instrumento para conseguir realizar tal sonho foi um celular que ganhei de quinze anos hehe. Ele vinha com uma câmera de 8mp, e eu que nunca pude ter algo do tipo antes, estava apaixonada! As plantas do jardim da minha casa eram o que eu mais registrava. Aos poucos, fui buscando referências e comecei adentrar cada vez mais esse mundo imenso que é a fotografia.

Como presente de maior idade, pedi a minha mãe uma câmera semi-profissional. Não tenho nem como tentar dizer pra vocês a alegria que foi quando a ganhei! Esperei muuuuito tempo pra realizar esse sonho de longa data. Estou com ela há menos de 6 meses, mas ainda assim, é enorme a quantidade de coisas novas que aprendi desde então. Gosto de carrega-la pra onde quer que eu vá e registrar os momentos mais preciosos da minha vida.

Eu sei que nosso lado materialista sempre tende a querer mais, mas eu posso afirmar que fui muito feliz com o pouco que tinha e que tenho hoje. Na fotografia, não importa se você tem um arsenal de bons equipamentos. Eles ajudam? Muito! Mas o que traz um significado para tudo isso é o seu olhar. Esteja atento para os detalhes que o cercam, comemore cada pequena conquista e seja original. Isso é o que deve importar.

Hoje faço curso para me profissionalizar e aos poucos tenho feito trabalhos nesse ramo. Novamente, é difícil tentar explicar como é bom fazer o que se ama. Agradeço a Deus por me proporcionar isso. De todo o coração, espero que todos se realizem fazendo o que amam também. É a melhor coisa da vida.

Tentei resumir bastante para não cansar ninguém hehe. Espero que tenham gostado! Compartilhem comigo um pouco da história de vocês aqui nos comentários! Quero ler e me alegrar junto. 😄


Fiquem com Jesus e até o próximo post. ❤️

2 comentários

  1. Posso te contar um segredo? Estava com saudades de ter um tempinho e ler seus posts, e agora que volto, tenho o prazer de ler sobre sua história com a fotografia. Me identifiquei em algumas partes, sempre vi a fotografia como um dos meios mais lindos de guardar um lembrança, mas apenas me arriscaria nesse rumo por hobby.
    ❤️ http://mocas-e-flores.blogspot.com.br/ ❤️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por enquanto ele é mais um hobby do que uma profissão pra mim, mas quero muito poder levar isso adiante e registrar lembranças de outras pessoas também! Fico muito feliz de ter você aqui no meu lar, Josy! É sempre um prazer. Ah, e continua postando o passo a passo das suas ilustrações, acho incrivel ver um desenho ganhando forma! hihi
      Deus te abençoe moça. 💕

      Excluir

Antes de comentar, lembre-se de ser gentil! Tenho certeza de que você também quer ser tratado com gentileza. :)

© Agridoce Vida - Todos os direitos reservados. • Maira G.